sábado, 11 de abril de 2009

Lançamento em breve: O Vampiro da Mata Atlântica


==============================
Vem aí
O VAMPIRO DA MATA ATLÂNTICA
O novo romance de Martha Argel
==============================

A trama
Dois jovens cientistas, Xavier Damasceno e Júlio Levereaux, são contratados para avaliar a biodiversidade de uma área a ser preservada, situada na região do Alto Ribeira, sul do estado de São Paulo.
Depois de uma viagem difícil, chegam ao local e ficam fascinados com a beleza da floresta e o excelente estado de conservação do ambiente.
As descobertas se sucedem, mas uma delas não é nada do que esperavam. Daí em diante, eles vão ter que se esforçar muito para conseguirem ficar vivos!

Aventura...
O Vampiro da Mata Atlântica é um livro de aventura na selva, do tipo Indiana Jones ou, melhor ainda, do tipo daquele velho seriado de tevê, Daktari, que toda garotada da minha época curtia (se bem não teve jeito de incluir Clarence, o leão vesgo, em minha história, por um probleminha biogeográfico...).

... Vampiros...
Esse livro é também a uma releitura de Drácula, adaptada para nosso país tropical, abençoado por Deus e bonito por natureza, ê-ô.
Não vou falar mais nada porque senão é spoiler!

... e Ciência!
Já li um monte de livros sobre cientistas na selva, onde ficava evidente que o(a) autor(a) nunca tinha ido pro mato de verdade.
Uma honrosíssima (e bota íssima, íssima, íssima e mais íssima nisso!) exceção é o maravilhoso conto Fuga de Katmandu, de Kim Stanley Robinson, que li no século passado, numa ótima tradução de Fábio Fernandes.
Não sei se foi aí que nasceu a vontade de escrever meu próprio livro de selva.
O fascínio em si veio de muito antes, quem sabe com aquele seriado que só o pessoal mais velho vai lembrar, O Mundo Animal, apresentado pelo inacreditável Bill Burrud, que enfrentava tudo e sabia tudo. A abertura maravilhosa, com um desfile de elefantes ao pôr do sol, com aquela trilha sonora linda, marcou uma geração de biólogos.
Mas moral da história, além de aventura e vampiro coloquei no livro algo mais difícil de encontrar por aí: os bastidores de uma expedição científica como ela é de verdade nesse nosso Brasil varonil, pátria amada, salve, salve.
Espero que todos curtam e...
divirtam-se com os carrapatos e mosquitos!

Personagens

Xavier Damasceno é um jovem ornitólogo que batalhou muito para romper a barreira do racismo informal brasileiro, e agora está terminando sua dissertação de mestrado sobre a mais magnífica das aves brasileiras: a espetacular harpia, ou gavião-real.
E é por causa de sua paixão científica que acaba se metendo na mais assustadora experiência que já enfrentou.

Júlio Levereaux é um mastozoólogo, ou seja, especialista em mamíferos. Além de ser um excelente pesquisador, com uma energia e um conhecimento impressionantes, é um safado oportunista e folgado. Mas uma coisa deve ficar clara: embora tenha sido dele a desastrosa idéia da excursão às matas do Alto Ribeira, ele não teve culpa alguma pelos acontecimentos horríveis que se desenrolaram.

O vampiro. Dizem que ele mora lá pros lados da Saripoca. Andou matando gente. Hoje a vila está abandonada, fugiu todo mundo por causa dessa assombração horrorosa. Vocês querem passar a noite lá? Isso é coisa de maluco!

A Mata Atlântica é o sonho de consumo de qualquer zoólogo de campo. Uma das mais exuberantes florestas do mundo, uma das maiores biodiversidades, mas também um dos lugares com maior número de espécies ameaçadas de extinção. Será que o horrendo vampiro que habita a Saripoca é o maior vilão da Mata Atlântica?

Lançamento previsto para 2009
Idea Editora
Capa: Billy Argel

=========================
*** Quiz para os Zoólogos***

De onde saiu o nome Levereaux?
Pesquisem um pouco, vale a pena.
Está além de qualquer ficção!
=========================

.

6 comentários:

J.Estel Carvalho disse...

não sou zoólogo, mas orei para Santo Google, e ele me atendeu... ehehehe

Carol Scultori disse...

Aiiii, eu quero! Eu querooo!!!
Tudo bem que eu já percebí que, apesar do título, nem vai ser sobre Desmodus rotundus... Hehe. Que bacana, nos mande emails qdo lançar que já vou começar a procurar por aqui.
Saudades de vc tb! Apareça!

Martha Argel disse...

Estel, vc foi parar na Wikipedia? A versão que tá lá é muito boba, o legal é um artigo científico publicado em Botsuana. Esse aí é que conta tudo!
beijos!

Martha Argel disse...

Carollia, minha querida, vc tem certeza de que não tem Desmodus? rsrsrsrs.

beijosssss!

-titch; disse...

eu quero ler, eu quero, eu queroooo =[

Martha (com todo o respeito, eu sou uma piveta e tô te chamando de Martha somente *faz bico*), li recentemente Relações de Sangue, indicação de uma amiga, e cara, adorei. A coisa mais difícil é achar escritor brasileiro que escreva sobre eles com tanta paixão. Uma citaçãozinha aqui, outra acolá, até vai, mas nunca tinha lido brazuca com dedicação a eles. Eu sei que vai citar André Vianco, e acredite, tô começando a lê-lo também *-*, mas eu tô mesmo querendo ler O Vampiro da Mata Atlântica e Amores Perigosos, quando lança? =[
tá, deixa eu parar de chatisse e dizer de uma vez que quero ler seus livros, pq li um só e os contos e já me inspirei a escrever meu próprio conto, baseado em uma personagem de fic minha e na srta Lucila (q adorei *-*).
Enfim, mudando de assunto, não que eu seja fã da mata atlântica, ou que o seja demais de vampiros (tá, eu sou... de poucos, mas sou), mas pelo pouco que li no blog, deu uma mega vontade de ler o livro agora. Uma que eu curtia biologia (até comçar a fazer letras G-G) e outra pq além de tu escrever bem, une duas coisas opostas e interessantes. Sobrenatural e ciência (talvez em explicações lógicas estejam mais juntos que tudo, eu mal sei =/), e eu, devoradora assídua de livros de alto teor contagiante estou empolgada (demais [?]) para ler seu novo livro *-*

eu sei que vc escuta mtu isso, mas nem ligo. Cara, sou sua fã!

bjs, se cuida

(ps: eu falo demais ;s)

Martha Argel disse...

Oi, -titch, obrigada pelo comentário e por suas palavras!
Fiquei feliz em saber que vc gostou TANTO do Relações :-)
O Vampiro da M.A. é beeeem diferente, mas acho que ficou bem legal.
E que ótimo que vc tbm resolveu escrever, manda ver!
beijos e obrigada pelo incentivo.