sábado, 11 de dezembro de 2010

Resumo da viagem (1a. Parte): Andes Patagônicos

Queridos amigos:

Acho que deu pra perceber que não consegui manter meu diário em dia, como planejado. É que a viagem foi muito mais agitada e divertida do que eu havia imaginado.
San Martín de los Andes parece uma cidade cinematográfica, com a diferença que é de verdade. Casinhas pitorescas de madeira, montanhas ao redor, e um lindo lago diante da cidade.
A Feira de Aves da América do Sul, por outro lado, foi um acontecimento e tanto. Revi muita gente, conheci ainda mais, e as atrações não davam tempo para respirar.
Acho que dá para entender que entre passeios e conferências, não ficou muito tempo para escrever ou ficar online.
Infelizmente eu estava de mal com a máquina fotográfica enquanto estive em San Martín, mas eis algumas fotos tiradas pelo pessoal da feira:

Toda a galera presente. Os brasileiros se aglomeraram no canto inferior direito.

Palestra sobre o guia de campo Aves do Brasil - Pantanal e Cerrado (Foto: Juan Manuel Rubio)

Observando aves na Laguna Rosales.

Durante o jantar de confraternização, sentada ao lado de Tito Narosky (Argentina), Sergio Ocampo-Tobon (Colômbia) e Humberto Moura Neto (meu consorte).

Terminada a feira, nós nos despedimos de San Martín de Los Andes e voltamos para Bariloche. A viagem foi uma verdadeira expedição de birdwatching pela estepe patagônica, na companhia excelente de Cristian e de Sergio, dois birders que moram em Bariloche.

A viagem teve direito a picnic e tudo! Sérgio, Humberto e Cristian degustando sanduiches e sucos à beira de um arroio patagônico

As vistas? Espetaculares.

Não tenho foto do ponto alto da viagem, mas o fato é que conseguimos nosso objetivo: vimos um condor, e de pertinho! Nossa, que emoção! Ele estava voando sobre um vale, ao lado da estrada, e voava bem baixo com relação ao carro. Caramba, foi um avistamento super-raro!

De volta a Bariloche, fizemos programas de turistas durante os dias seguintes. O melhor da estada foi esta paisagem:

Acreditem: era a vista que tínhamos a partir de nossa cama, através da janela do hotel. Não dá pra entender que a gente não quisesse mais voltar pra casa?

Com Humberto, no mirante Tacul, com o lago Nahuel Huapi ao fundo.

Num próximo post, falo sobre a segunda metade da viagem, em que saímos dos Andes Patagônicos para ir à região dos Pampas Bonaerenses.

beijos a todos!!!
Martha

Um comentário:

Carlos disse...

Olá adorei seu blog, as postagens são ótimas bem informativas. Vou seguir seu blog , sou designer de jóias me faça um visitinha também, irei adorar! http://evolutionjoias.blogspot.com
Carlos J Oliver
Designer de Jóias